Acompanhamentos, Dieta detox!, Saladas, Sem glutén

Salada refrescante de bifum

Nunca tinha experimentado o tal bifum, macarrão de arroz. Descobri que ele é excelente para a saúde. Além de ser menos calórico e não ter glúten, possui baixa absorção de gordura e baixo índice glicêmico. Cada 100g de macarrão tem 259 calorias. O sabor é super neutro e combina com vegetais e carnes. Pode ser feito frio em saladas ou quente em pratos como yakisoba. 

A receita abaixo serve super bem duas pessoas. É uma ótima opção de entrada ou para acompanhar um peixe grelhado.


O que leva?

[salada]

– 1 cenoura pequena descascada

– 1 pepino japonês

– meio pacote ou 100g de bifum

– 6 fatias de blanquet de peru (pode ser kani tb)

– gergelim preto

[molho]

– 3 colheres (sopa) de vinagre (usei de limão, mas pode ser branco ou de arroz)

– 1 colher (chá) de açúcar

– 1 colher (café) de sal

– 1 colher (sopa) de azeite


Como faz? 

– corte a cenoura e o pepino em tirinhas bem fininhas como se fosse macarrão. Para isso, use aqueles fatiadores de mão. Coloque numa peneire e salpique uma colher (sopa) de sal. Deixe descansar por 30 minutos. Eles vão soltar bastante água.

– após os 30 minutos, lave bem a cenoura e o pepino. Precisa enxaguar bastante para tirar o sal. Deixe escorrer bem. Se for o caso, pressione um papel toalha para ajudar a absorver a água.

– corte o blanquet de peru em tiras fininhas. Reserve.

– ferva água e coloque o bifum por dois minutos. Enquanto isso, mexa para soltar o macarrão. Coloque no escorredor e jogue umas 10 pedras de gelo para interromper o cozimento. Deixe escorrer bastante até ficar mais sequinho. 

– agora é só misturar a cenoura, pepino, peru e o macarrão. Pode cortar o bifum de leve para que os ingredientes fiquem bem misturados.

– num potinho à parte, misture todos os ingredientes do molho e mexa bem. Regue a salada e envolva todos os ingredientes. Se preferir, pode fazer o dobro de molho para deixar a salada mais molhada. Salpique o gergelim por cima e pode servir!

Bom apetite! 😀

Anúncios
Caldos, Dieta detox!, light!

Creme de inhame com couve 😋

Segue mais uma receitinha da dieta modo hard pós festas. Pra não dizer que essa é totalmente light, fiz crisps de inhame pra jogar por cima. Ficou muito bom! Em equilíbrio, até a gordura é bem-vinda! 

As medidas abaixo servem duas pessoas.


O que leva?

– 04 inhames pequenos ou 02 médios (uns 350g) para o caldo

– 01 inhame médio pra fritar

– couve manteiga picadinha (usei quase metade de um pacote)

– dois dentes de alho amassados

– sal e pimenta do reino a gosto

– manteiga ghee ou azeite (normal, sem ser extra virgem)

– óleo de girassol ou canola

Como faz? 

[o caldo]

– descasque o inhame. Coloque para cozinhar em água suficiente para cobrí-lo. Coloque sal a gosto.

– após cozinhar o inhame, retire do fogo e bata no liquidificador ou mixer em outro recipiente. Coloque a água do cozimento aos poucos até formar um creme. Se colocar água demais, pode ficar ralo. O ideal é ficar bem cremoso. 

– lave a panela e volte para o fogo. Coloque a manteiga ou azeite (eu usei meia colher de chá de manteiga ghee). Doure o alho e coloque a couve picadinha. Deixe refogar por uns dois minutos. Acrescente o creme batido. Mexa e deixe cozinhar por mais uns dois minutos. Coloque Pimenta do reino a gosto, acerte o sal. Se ficar muito grosso, pode colocar um pouco de água e deixar ferver mais um pouco.

[crisps de inhame]

– pegue o inhame médio descascado e rale como se fosse batata-palha. É o mesmo ralo da cenoura…

– aqueça o óleo de canola ou girassol o suficiente para cobrir o inhame. Deixe ficar bem quente.

– jogue o inhame ralado no óleo e frite até ficar douradinho. Pode jogar com a mão mesmo. Se a colher tiver quente, ele vai grudar. Não lave o inhame! É só descascar, ralar e fritar!!! Fica muito melhor que batata frita! Ele pode ficar meio grudado no começo da fritura, mas depois vai se soltar. Você também pode mexer um pouco quando estiver mais dourado para que ele fique mais soltinho. Apesar da gordura, ele fica bem sequinho! 

– coloque o inhame frito no papel toalha e polvilhe um pouco de sal. Após o caldo pronto, é só jogar um pouco do crisps por cima.

Caldos, Dieta detox!, light!

Creme de abóbora com gengibre

Fim de ano não é mole não… haja confraternização, amigo oculto, festas, eventos, ceias e mais ceias pra dar conta. Ufa! Bom demais! O problema são os quilinhos extras que o período deixa pra trás. Para retomar a rotina e deixar esse peso extra pra lá, só reorganizando a alimentação. Esses dias ando no modo hard da dieta. Depois, retomo a comidinha balanceada do dia a dia.

Segue uma das receitas que fiz para esses dias de detox brava! Ah, as medidas são para uma porção, já que estou solitária nessa… rs

O que leva?

– um dente de alho amassado

– 250g de abóbora japonesa sem casca

– água

– gengibre 

– sal e pimenta do reino a gosto

– manteiga ghee, óleo de coco ou azeite (normal/ sem ser extra virgem)

– cottage (opcional)


Como faz?

– Descasque a abóbora e corte em cubos.

– Aqueça o óleo (eu usei meia colher de chá de manteiga ghee) e refogue o alho até dourar. Coloque a abóbora. Deixe uns dois minutos e vá mexendo. Coloque água (pode ser fria) até cobrir a abóbora e coloque o sal e pimenta moída de acordo com seu gosto. Deixe cozinhar até a abóbora ficar macia. Deve levar uns 8 minutos.

– Enquanto isso, rale um pedaço de gengibre sem a casca (ralo mais fino possível). A quantidade vai depender do seu gosto. Ele só vai dar um toque à receita. Sugiro meia colher de café pra quem não tem muito costume. Eu usei uma colher de café.

– Após cozinhar a abóbora, retire a panela do fogo e bata tudo com o mixer na própria panela. Se preferir, pode colocar no liquidificador. Volte o caldo para o fogo, acrescente o gengibre ralado e deixe ferver mais uns dois minutos. Está pronto! 

 [dicaexpress] se quiser, pode colocar uma colher de chá de cottage no centro do prato após servir a sopa. Ele vai garantir uma certa cremosidade e combina bem com a abóbora. Também pode colocar cebolinha e salsinha picadinhas. 

 [papoexpress] eu já consultei muita receita de caldo na internet e o pessoal insiste em colocar aqueles tabletes de caldo de galinha em tudo. Sugiro evitarmos esse tipo de tempero por conta do glutamato. Se vc faz questão do gostinho do frango, compra frango e faz o caldo. Não vejo necessidade de temperar com essas coisas. Use ervas finas, alho, cebola, salsa, cebolinha, açafrão, páprica… qualquer tempero natural. Tenho lido muito sobre alimentação e precisamos ter muito cuidado. 

Dieta detox!, Sucos

Suco de laranja com mamão e linhaça

Esse suco é um achado para quem está com o intestino preguiçoso! Além de ajudar no funcionamento do sistema digestivo, é uma delícia.

O que leva?

– Metade um mamão papaia

– 2 laranjas

– 1 colher de sopa de farinha de linhaça

– mel para adoçar

– água gelada

Processed with Moldiv

Como faz?

– Retire as sementes do mamão e com o auxílio de uma colher retire a polpa dele.

– Corte as laranjas em quatro pedaços (como a foto). Retire os gomos.

– Coloque todos os ingredientes no liquidificador. Acrescente uns 200 ml de água. A quantidade da água depende do ponto. Se quiser mais grosso, coloque menos água e controle enquanto o suco é batido. Eu gosto mais cremoso. Se quiser mais gelado, bata com mais duas pedras de gelo. Eu geralmente deixo o suco batendo na velocidade mais baixa e coloco uma pedra de gelo de cada vez pela abertura superior da tampa. Ele fica mais parecido com o smoothie.

– Coe o suco e está pronto para beber.

Processed with Moldiv

Refresque-se!

suco laxante laranja com mamão

Dieta detox!, Sucos

Cubinhos de couve

Eita que estou sumida. Gente, o fim de ano foi super corrido. Super sorry por não escrever mais nada por aqui. Como eu, muita gente deve ter metido o pé na jaca nas festas de fim de ano. Pois é, agora estou na vibe da detox! A primeira receita deve garantir praticidade a quem quiser fazer alguns sucos mais saudáveis. São os cubinhos de gelo de couve para acrescentar a outras misturas. Dura 10 dias no freezer, sem perder as propriedades (dizem os nutricionistas…). Então, vamos lá!

O que leva?

– folhas de couve manteiga

– água

Como faz?

– Lave bem as folhas de couve e retire o talo.

– Coloque umas três folhas no liquidificador e acrescente um pouco de água. Vá acrescentando mais folhas de couve e água até obter uma mistura pastosa. Prefiro colocar aos poucos para não sobrecarregar o liquidificador e nem perder o ponto da mistura.

– Não precisa coar!. É só colocar nas forminhas de gelo e levar ao freezer. Um maço de couve rendeu três forminhas.

cubos gelo couve
couve congelada