Lactose free, Lanches, Petiscos, Sem glutén

Charutinhos crocantes de couve 

Essa receita é um achado pra quem quer um petisco mais saudável… ainda mais nesses dias de verão. Fica super gourmet e é bem simples de fazer!


O que leva?

– 02 folhas de couve manteiga

– azeite

+ recheio que quiser…

Eu usei:

– ricota de amêndoa temperada

– cenoura ralada

– cebola picada em cubinhos

– blanquet de peru

Como faz?

– lave a couve e retire o talo. Corte em quatro partes cada folha.

– recheie cada parte de couve com um pouco do recheio de sua preferência. Eu fiz com o que tinha na geladeira: a ricota de amêndoa (ver post anterior), cenoura ralada, cebola picadinha e blanquet de peru. Enrole bem em formato de charuto. Para fixar eu coloquei um palito divido no meio. 

– pincele os rolinhos com azeite e leve ao forno pré-aquecido por 15 minutos. That’s it!

[outros recheios]

– mussarela de búfala com tomate cereja

– ricota com atum 

– cenoura, ricota e abobrinha

– mussarela de búfala com peito de peru ou frango desfiado

Anúncios
Lactose free, Petiscos, Veganos!

Leite de amêndoas

Pela primeira vez na vida, fiz meu próprio leite. Quem diria? Nunca me imaginei tomando leite vegetal… imagina fazendo? Pois é, a vida é dinâmica e sempre precisamos estar abertos a novas experiências. Desde nova, sofro com gargantas inflamadas e rinites. Já fiz até cirugia para tentar controlar. 

A garganta melhorou bastante, mas a rinite ainda persiste. Depois de algumas crises em 2016, resolvi fazer diferente e tentar identificar se isso não vem do leite já que tenho intolerância também. Enfim, é um desafio e tanto. Afinal, quase tudo tem leite. Mas, tenho aprendido muita coisa bacana em blogs veganos. Esse leite é bem fácil de fazer e fica super gostoso. O sabor é neutro e combina com muitas misturas. Eu, por exemplo, não vi diferença no smothie que faço de banana com cacau. E tem mais: com o bagaço você pode fazer uma ricota!


O que leva?

– 1 xícara de amêndoa (pode ser com casca mesmo)

– água 

Como faz?

– coloque a amêndoa numa tigela e cubra com água. Deixe de molho por 12 horas. Eu coloquei à noite e fiz o leite no outro dia pela manhã.

– depois das 12 horas, escorre as amêndoas e enxague na torneira. Dizem que é importante retirar essa água para eliminar as toxinas.

– coloque as amêndoas no liquidificador e mais 04 xícaras de água. Se quiser mais grosso, coloque 03 xícaras. Bata bem.

– agora é só coar! Mas atenção, não jogue fora o bagaço! Você pode coar umas duas vezes usando uma peneira fina. Mas, o melhor mesmo é usar um pano tipo fralda para coar, como se estivesse fazendo queijo.  


[a ricota]

– pegue o bagaço e coloque num pote que possa ir para a geladeira depois.

– se tiver muito sequinho, acrescente umas 02 colheres de sopa do leite para dar uma cremosidade na ricota.

– coloque o suco de 1/2 limão, 01 colher de sopa de azeite e tempere como preferir. Eu coloquei cebolinha e salsinha picadas bem fininhas, sal e pimenta do reino. Penso que ficaria bom processar a falsa ricota com azeitona, colocar ervas finas, orégano… enfim, pode temperar como quiser. 

– outra dica: eu fiz a minha com a casca mesmo. Se quiser branquinha, pode descascar a amêndoa antes de bater no liquidificador. Ah, servi num dia quente com barquinhas e tapioca. Ficou muito gostoso!

Acompanhamentos, Petiscos

Churrasco gourmet + saudável

A saga por uma alimentação melhor continua. Só que a gente ama um bom churrasco… como fazer? Bom, deixar de comer carne ainda não está nos planos. Então, a saída é tentar amenizar nos acompanhamentos para não meter o pé na jaca de vez. 

Eu amo legumes assados de forma rústica. Na receita abaixo, ensino a fazer uma dessas boas misturas e também um teste que deu super certo: cogumelo assado na brasa! A quantidade abaixo serve duas pessoas.


O que leva?

1 abobrinha média (pode ser da italiana ou tipo menina)

– 1 batata doce média (usei a da casca roxa)

– 1 berinjela média 

– 4 dentes de alho com casca

– cúrcuma (açafrão) 

– ervas finas 

– azeite 

– sal (usei o rosa do Himalaia) e pimenta do reino

Como faz?

– lave os legumes e descarte as pontas. Pique-os com a casca mesmo. Eu gosto de  definir o tamanho e espessura de acordo com o tempo de cozimento. Então, faço assim: deixo as abobrinhas maiores, as berinjelas um pouco menores e corto as batatas mais finas. Isso vai fazer com que no fim as abobrinhas não estejam desmanchando. Você tb não vai precisar assar tudo separado. É só compensar no tamanho. Pensa assim… a que leva mais tempo é a batata doce. Então, deixe ela com a metade do tamanho. Eu gosto dela com formato palitinho porque fica crocante no fim. 

– pegue a travessa, coloque um fio de azeite e acrescente uma colher (café) de cúrcuma. Jogue os legumes picados, os dentes de alho com casca, um pouco de ervas finas (pode ser aquelas misturas secasprontas ou ervas frescas como alecrim, tomilho, orégano), o sal e pimenta a gosto. Misture tudo e coloque mais um fio de azeite por cima. Se quiser, pode colocar um pouquinho de pimenta calabresa também, mas só um pouco pq senão fica muito apimentado. 

– leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 40 minutos. Mexa os legumes durante esse tempo umas três vezes. Não é necessário colocar papel alumínio e nem cozinhar antes. Ao final, você pode colocar mais uns 10, 15 minutos em potência alta para ficar mais crocante.

– sirva como acompanhamento da carne do churrasco. Fica uma delícia! Ah, o alho ajuda a temperar a mistura, mas fica uma delícia também. É só tirar a casca e você vai provar uma pastinha de alho super leve e adocicada. 

[cogumelos na brasa]

É muito fácil! Pegue cogumelos frescos tipo paris (é tipo o champignon). Tire o miolo. Espete alguns num espetinho de churrasco, coloque um fio de azeite e asse sobre uma grelha. Deixe ele ficarem com aparência de murcho. Acho que gastou uns 10 minutos (no máximo). Tempere com sal a gosto e delicie-se! Eles ficam com um gostinho incrível por conta da brasa.


Acompanhamentos, Petiscos, Sem glutén

Bolinho de bacalhau perfeito!

Sabe quando você gosta de algo, mas não consegue acertar a mão na receita? Até ontem era assim pra mim nas tentativas de fazer um bolinho de bacalhau. O bolinho ficava encharcado e todo cheio de fiapos de bacalhau na parte de fora. Pesquisando no santo Google achei uma receita de uma senhorinha que tem um restaurante português típico em Ubatuba – SP. Testei… e, simplesmente, amei! O gosto, a textura, a crocância! Ficou perfeito!

O que leva?

– 250g ou 03 batatas média tipo asterix (a batata faz toda diferença!)

– 250g de bacalhau dessalgado e desfiado

– 2 dentes de alho amassados

– 2 colheres (sopa) de azeite extravirgem

– 1 ovo

– salsinha picada a gosto

– sal e pimenta do reino a gosto

– Óleo ou azeite para fritar

Como faz?
– Descasque a batata e cozinhe em água quente. Cozinhe o bacalhau também. Eu deixei o bacalhau uns oito minutos na água fervendo.

– Escorra bem a batata e o bacalhau. Eles precisam ficar bem secos. Você vai perceber que a batata asterix é bem mais sequinha que a batata inglesa e isso faz toda diferença na estrutura do bolinho.

– Amasse a batata com um garfo e desfie o bacalhau retirando as espinhas. Reserve.

– Numa panela pequena, coloque o azeite e refogue o alho até ficar dourado. Tire do fogo.

– Pegue uma tigela e junte a batata, o bacalhau, o alho no azeite, o ovo, a salsinha, a pimenta do reino. Misture a massa com uma colher (com a mão é ainda melhor!). Corrija o sal.

– Faça os bolinhos com o auxílio de duas colheres (passando uma na outra) ou enrolando na mão. Pra ajudar é só ir molhando a mão com um pouco de azeite.

– Agora é só fritar em fogo médio. Atenção: o óleo precisa cobrir o bolinho. Do contrário, ele pode ficar encharcado.

OBs: percebeu que a receita não vai farinha de trigo? O verdadeiro bolinho de bacalhau não vai farinha!!!! Essa receita rendeu uns 30 bolinhos pequenos. Você pode dobrar ela sem erro.


Entradas, Lanches, Petiscos

Sanduba gourmet

É tempo de copa e as comemorações não param. Para receber os amigos, nada melhor que petiscar e tomar uma cerva bem gelada. A dica de hoje é um sanduíche aberto de pão francês integral com filé e shitake acebolados. Vai ao forno para derreter a mussarela e é servido em cama de rúcula.

O que leva?

– 200g de filé em fatias bem fininhas

– 1 cebola média em cubinhos ou em fatias fininhas

– 100g de shitake fatiado

– 5 pães franceses (integral ou normal) cortados ao meio

– 10 fatias de mussarela

– Rúcula

– Azeite, sal e pimenta do reino a gosto

filé e shitake

Como faz?

– Pique todos os ingredientes. Filés em fatias fininhas. Cebolas em cubinhos ou em rodelas fininhas. Shitake em fatias. Lave a rúcula e corte bem fininha como se fosse couve.

– Aqueça bastante a frigideira, coloque um fio de azeite e refogue o filé. Depois de alguns minutos (quando o filé já estiver mais dourado) coloque o shitake e deixe refogar por mais uns dois minutos. Acrescente a cebola e refogue por mais um minuto. A cebola vai ficar mais al dente. Se gostar dela mais cozida, deixe mais um pouco no fogo. Coloque sal e pimenta a gosto. Se quiser, também pode colocar uma colher de shoyo antes do sal.

– Pré-aqueça o forno a 180 graus. Coloque as fatias de pão numa fôrma e cubra com o recheio. Coloque a fatia de mussarela por cima e leve ao forno para derreter o queijo. O processo deve levar uns cinco minutos.

– Retire do forno. Coloque um pouco de rúcula num prato legal e o sanduba por cima.

sanducihe de filé com shitake

Sirva e aproveite para torcer com seus amigos!

???????????????????????????????????

 

 

Foto de: [http://www.blogdomnet.com.br/wp-content/uploads/2013/04/friends_watching_football_on_the_tv_IE321-009.jpg]

 

 

Acompanhamentos, light!, Petiscos

Abobrinhas maçaricadas

Conheci essa delícia num barzinho em Brasília chamado Loca como tu madre. Lá, eles servem a abobrinha recheada com trio de cogumelos e maçaricada com parmesão. É uma maravilha! Aprendi a fazer a receita no olho e resolvi compartilhar com vcs. Na minha versão, usei dois tipos de cogumelos. Mas, vcs podem incluir o shiitake, por exemplo. Também coloquei tomate cereja no recheio. O toque especial da receita é o maçarico que, até uns dias atrás, ainda não tinha. Ganhei um recentemente do maridão. Agora, é abusar dele…

O que leva?

– abobrinhas italianas (tentar escolher as menores e mais finas)

– 100g de shimeji

– 100g de cogumelo paris

– 10 tomatinhos-cereja

– 2 dentes de alho amassados

– azeite

– parmesão em lascas

– sal e pimenta a gosto

abobrinha maçaricada 3

Como faz?

– Corte as abobrinhas em rodelas com espessura de uns 2 dedos (mais ou menos 3 cm). Elas vão ficar como copinhos a serem recheados. Tire a polpa com cuidado para não remover o fundo. Eu consegui tirar com a ponta do garfo (parte que a gt segura o garfo), mas vc pode usar uma colher de café ou de chá.

– Salpique um pouco de sal e cozinhe as abobrinhas no vapor até ficarem al dente. Outra opção é colocá-las no forno a 180 graus numa assadeira coberta com papel alumínio. O tempo varia de 10 a 15 minutos.

– Retire as abobrinhas do forno ou vapor e verifique se não há água dentro delas. Se tiver, retire. Elas precisam ficar mais sequinhas. Recheie as abobrinhas e cubra com as lascas de parmesão. Leve ao forno (sem papel alumínio) por mais 10 minutos para gratinar.

– Depois de gratinar, é só maçaricar! Eu gosto do queijo bem dourado e tb de passar o maçarico um pouco na lateral das abobrinhas.

Recheio:

– Pique os cogumelos e os tomatinhos.

– Numa panela, aqueça um fio de azeite e frite o alho. Quando tiver dourado, acrescente os cogumelos. Deixe refogar por uns dois minutos e acrescente o tomate. Cozinhe por mais uns dois minutos. Tempere com sal e pimenta do reino. Reserve.

Obs: você também pode refogar os cogumelos na manteiga. Para que ela não fique escura, é só colocar um fio de azeite.

abobrinha maçaricada

abobrinha maçaricada 2

Entradas, Lanches, light!, Petiscos

Pizza de pão folha

O pão folha é muito utilizado para fazer sanduíches do tipo Wrap. Comprei um pacote com esse objetivo, mas daí pensei: por que não usar esse ingrediente para fazer uma pizza mais crocante e menos calórica?

Os recheios dependem do gosto de cada um. Testei com dois sabores que ficaram maravilhosos e que são simples de fazer. É uma entradinha perfeita para um bate-papo com amigos ou para petiscar tomando um vinho branco bem gelado. Fiz para minhas amigas num dia ensolarado à beira da piscina. Elas adoraram…

Espero que vocês tb gostem da dica!

[Pizza de marguerita]

O que leva?

– pão folha (você geralmente encontra em padarias ou casas de produtos árabes)
– molho de tomate pronto (usei o pomarola)
– fatias de queijo mussarela
– fatias de peito de perú
– manjericão fresco
– orégano
– cebola (usei a roxa)
– tomate

Como faz?

– coloque o pão folha numa assadeira e leve ao forno quente (200 graus) por uns 4 minutos.

– retire o pão do forno. Cubra a massa com uma fina camada de molho de tomate. Coloque as fatias de peito de perú, a cebola, o tomate em rodelas, o queijo e salpique orégano e manjericão por cima.

– leve ao forno até o queijo derreter e sirva a seguir.

Obs: você também podem rechear o pão ainda frio antes de levar ao forno. Mas, ele vai ficar menos crocante. Se quiser que fique mais crocante, precisa aquecer a massa antes de rechear.

20140105-004903.jpg

20140105-005133.jpg

[Pizza de ricota]

O que leva?

– pão folha
– ricota
– orégano
– azeite
– manjericão fresco
– pimenta calabresa (pra quem gosta)
– sal e pimenta do reino a gosto

Como faz?

– coloque o pão folha numa assadeira e leve ao forno quente (200 graus) por uns 4 minutos.

– enquanto isso, pegue um pedaço da ricota e amasse com um garfo. Tempere com orégano, azeite, sal e pimenta do reino.

– retire o pão do forno. Cubra a massa com a ricota temperada e salpique manjericão e
pimenta calabresa. Regue com um fio de azeite. Asse por mais quatro minutos ou até a massa ficar bem dourada.

– corte em pedaços e sirva a seguir.

20140105-005241.jpg

Lanches, Petiscos

Lanche express: mini pão de queijo

Opção de lanche rápido para o fim de tarde ou para receber alguma visita de última hora.

1- Asse mini pães de queijo congelados (da marca da sua preferência).
2- Enrole uma fatia de queijo dentro de uma fatia de peito de peru. Ou o contrário.
3- Corte o “tubo” de queijo e peito de peru em rolinhos.
4- Com um palito decorado espete um rolinho em cada pão de queijo.

Bom apetite!

20130905-215334.jpg

Entradas, light!, Petiscos

Brusquetas lights!

A essência dessa receita aprendi com a minha querida amiga Sheylinha que está sempre em busca de comidinhas mais saudáveis. Com a volta da dieta, foi inevitável fazer uma adaptação da receita para que ficasse o mais light possível [claro, com os ingredientes que eu tinha em casa].

Elas ficaram ótimas e comer com menos peso na consciência é melhor ainda!

As quantidades dos ingredientes listados vão variar de acordo com o tanto de brusquetas que você quiser.

O que leva?

– tomate-cereja
– manjericão
– queijo minas cortado em cubinhos
– azeite
– sal e pimenta a gosto
– 1 dente de alho descascado
– fatias de pão integral [eu gosto daquele que vem sem a casca, mas pode ser sete grãos ou outro da sua preferência]

[dica express]: você pode incrementar o tempero com orégano e ervas finas.

Como faz?

– Pegue as fatias de pão e distribua em um tabuleiro. Coloque no forno a 180 graus por cerca de 5 minutos. Elas vão aquecer e começar a ficar com a consistência de torradas.

– Enquanto isso, prepare o recheio das brusquetas. Corte os tomates em rodelas fininhas, pique o queijo em cubinhos, separe as folhas de manjericão. Coloque tudo num bowl e tempere com azeite, sal e especiarias a gosto.

– Pegue as fatias de pão aquecidas do forno e esfregue o dente de alho em cada uma delas. Você vai esfregar o alho por toda a fatia. Com isso, a torrada vai ficar com um gostinho incrível de alho. Coloque o recheio por cima de cada fatia e leve para assar por mais uns 8 minutos. Verifique as torradas para não correr o risco de queimar. Cada forno tem o seu “timing”.

– Enjoy it!

20130813-184922.jpg

20130813-184950.jpg

Acompanhamentos, Petiscos

Chips de berinjela no micro-ondas

Fiz o teste do Chips de abobrinha com a berinjela. Deu super certo! A berinjela é um pouquinho mais amarga que a abobrinha, mas também fica muito gostosa. Se quiser tirar um pouco do amargo da berinjela é só colocar as fatias de molho por cinco minutos numa bacia com água e um limão espremido. Depois é só tirar o excesso da água com papel toalha.

Veja a receita do Chips aqui!

Obs: para a berinjela deixei cinco minutos de cada lado no micro-ondas.

20130720-211921.jpg