Funcional gourmet, Sem glutén

Lasanha de palmito de pupunha 

A lasanha sai do forno borbulhando, suculenta… daquele jeito que dá gosto só de olhar. O melhor? É mais amigável, melhor para a saúde e, principalmente, para a consciência. Já tinha experimentado o “macarrão” de pupunha, mas essa foi a primeira vez que comi a “massa de lasanha” de pupunha. Amei e recomendo demais! 


O que leva?

– pupunha cortado como massa de lasanha (usei um pote de 540g da palmasul)

– 500g de carne moída

– 340g de molho de tomate (1 sachê da pomarola, por exemplo)

– creme de leite de castanha de cajú (receita aqui)

– 10 fatias de mussarela de búfala 

– 1 cebola média picada em cubinhos

– 2 dentes de alho amassados

– sal e pimenta do reino a gosto


Como faz?

– retire o pupunha da conserva e lave bem em água corrente. Coloque em um escorredor enquanto prepara o molho.

– para preparar o molho a bolonhesa, refogue o alho rapidamente em um fio de azeite até ficar levemente dourado. Coloque a carne moída e refogue bem até ela ficar mais “fritinha”. Coloque a cebola até ela ficar transparente. Acrescente o molho de tomate, um pouco de água e deixe ferver. Coloque sal e pimenta a gosto. Reserve.

– hora de montar a lasanha! Coloque um fio de azeite na travessa e o molho de carne. Coloque a “massa de pupunha” até preencher a travessa e uma camada de creme de leite. Vá montando as camadas nessa ordem: molho de carne, massa de pupunha e o creme de leite de castanha. Na última camada, deixe o molho de carne. Finalize com as fatias de mussarela. 

– em forno pré-aquecido, coloque a travessa com papel alumínio e asse por 30 minutos a 180 graus. Retire o papel alumínio e deixe mais uns 5 minutos na temperatura máxima para dourar. 

A receita rendeu uns nove pedaços bons! Serve bem quatro pessoas. Na minha casa, seis pessoas comeram felizes! Mas, era apenas um dos pratos. 

Anúncios