Lactose free, light!, Massas, Sem glutén

Fusilli com cogumelos… sem glúten e lactose!

Tenho percebido como estamos cada vez mais resistentes ao glúten e à lactose. Eu tenho controlado bastante a ingestão de produtos com leite. Essa receita é uma sugestão bem gostosa (eu gostei!) para quem tem restrições0 alimentares. Os produtos são mais caros, mas vale muito a pena para matar aquela vontade de comer macarrão.

O que leva?

– 1 dente de alho amassado
– 1 cebola pequena
– 1 colher (chá) de molho shoyo
– 1 caixinha de creme de leite de soja
– 200g de shimeji
– 50g de shitake
– 250g de fusilli de quinoa e amaranto (ver foto)
– sal e pimenta moída a gosto
– azeite

Como faz?

– Pique a cebola em cubinhos bem pequenos. Solte o shimeji da base (deixando as “anteninhas” soltas) e corte o shitake em fatias.

– Cozinhe o macarrão em água com um pouco de azeite e sal. Gastei exatos 12 minutos para deixar o fusilli dessa marca no ponto que gosto. Passou um pouquinho do al dente.

– Aqueça o azeite, refogue a cebola até ficar meio dourada. Acrescente o alho e os cogumelos. Coloque o molho shoyo e mexa até os cogumelos murcharem. Cozinhe mais ou menos por cinco minutos.

– Acrescente o creme de leite de soja e deixe ferver por um minuto. Eu usei 2/3 da caixinha para deixar o molho bem grosso. Você pode usar a caixa toda. Depende de como você gosta do molho. Acerte o sal e coloque um pouco de pimenta moída (pode ser a do reino ou um mix de branca, rosa, verde etc)

– Escorra o macarrão e despeje no molho. Mexa e está pronto para servir!

Ps: os cogumelos podem variar de acordo com o seu gosto. Sugiro combinações de paris com funghi ou shimeji com paris!

20141022-232758.jpg

20141022-232750.jpg

Anúncios
Acompanhamentos, light!, Petiscos

Abobrinhas maçaricadas

Conheci essa delícia num barzinho em Brasília chamado Loca como tu madre. Lá, eles servem a abobrinha recheada com trio de cogumelos e maçaricada com parmesão. É uma maravilha! Aprendi a fazer a receita no olho e resolvi compartilhar com vcs. Na minha versão, usei dois tipos de cogumelos. Mas, vcs podem incluir o shiitake, por exemplo. Também coloquei tomate cereja no recheio. O toque especial da receita é o maçarico que, até uns dias atrás, ainda não tinha. Ganhei um recentemente do maridão. Agora, é abusar dele…

O que leva?

– abobrinhas italianas (tentar escolher as menores e mais finas)

– 100g de shimeji

– 100g de cogumelo paris

– 10 tomatinhos-cereja

– 2 dentes de alho amassados

– azeite

– parmesão em lascas

– sal e pimenta a gosto

abobrinha maçaricada 3

Como faz?

– Corte as abobrinhas em rodelas com espessura de uns 2 dedos (mais ou menos 3 cm). Elas vão ficar como copinhos a serem recheados. Tire a polpa com cuidado para não remover o fundo. Eu consegui tirar com a ponta do garfo (parte que a gt segura o garfo), mas vc pode usar uma colher de café ou de chá.

– Salpique um pouco de sal e cozinhe as abobrinhas no vapor até ficarem al dente. Outra opção é colocá-las no forno a 180 graus numa assadeira coberta com papel alumínio. O tempo varia de 10 a 15 minutos.

– Retire as abobrinhas do forno ou vapor e verifique se não há água dentro delas. Se tiver, retire. Elas precisam ficar mais sequinhas. Recheie as abobrinhas e cubra com as lascas de parmesão. Leve ao forno (sem papel alumínio) por mais 10 minutos para gratinar.

– Depois de gratinar, é só maçaricar! Eu gosto do queijo bem dourado e tb de passar o maçarico um pouco na lateral das abobrinhas.

Recheio:

– Pique os cogumelos e os tomatinhos.

– Numa panela, aqueça um fio de azeite e frite o alho. Quando tiver dourado, acrescente os cogumelos. Deixe refogar por uns dois minutos e acrescente o tomate. Cozinhe por mais uns dois minutos. Tempere com sal e pimenta do reino. Reserve.

Obs: você também pode refogar os cogumelos na manteiga. Para que ela não fique escura, é só colocar um fio de azeite.

abobrinha maçaricada

abobrinha maçaricada 2