Acompanhamentos, Café da manhã, Dica[s] express, Quero ser fit, Sem glutén

Dica express: omelete de shitake 

Dica esperta para quem quer dar uma incrementada no omelete de cada dia! Omelete super saboroso recheadinho com shitake salteado.


O que leva?

– 02 ovos

– 04 shitakes sem os talos cortados em tiras de 0,5 cm

– 01 colher (chá) de manteiga ghee ou fio de azeite

– 01 colher (chá) de shoyu (eu usei o orgânico!)

– sal e pimenta do reino a gosto

Como faz?

– aqueça a ghee ou azeite na frigideira e refogue os cogumelos por uns cinco minutos. Usei a boca menor do fogão com fogo alto.

– coloque o shoyu por cima e mexa por mais uns dois minutos. A intenção é dar uma bronzeada no cogumelo e “cozinhar” ele um pouco. Reserve.

– coloque os dois ovos em uma vasilha e mexa bem com um garfo ou fouet.  Acrescente os cogumelos salteados. Acerte sal e pimenta e misture. Você pode colocar queijo ralado, cebola ou outros ingredientes que preferir. Essa versão ficou mais fit mesmo. 

– volte a mesma frigideira para o fogo, coloque a mistura espalhando bem em toda a frigideira. Aqui usei a boca menor com o fogo baixo. Deixe cozinhar por uns 03 minutos. Vire a omelete com o auxílio de uma espátula. Deixe por mais uns 03 minutos. Ela vai estar cozida com um leve bronzeado. Cuidado para não queimar.

[A receita aqui é apresentada passo a passo, mas você vai fazer estes dois passos ao mesmo tempo: enquanto refoga os cogumelos, já vá preparando a mistura dos ovos. Quando os cogumelos estiverem prontos, você já joga nos ovos, mexe e já volta pro fogo!


Corte em formato de pizza e seja feliz! 😃

Lactose free, light!, Massas, Sem glutén

Fusilli com cogumelos… sem glúten e lactose!

Tenho percebido como estamos cada vez mais resistentes ao glúten e à lactose. Eu tenho controlado bastante a ingestão de produtos com leite. Essa receita é uma sugestão bem gostosa (eu gostei!) para quem tem restrições0 alimentares. Os produtos são mais caros, mas vale muito a pena para matar aquela vontade de comer macarrão.

O que leva?

– 1 dente de alho amassado
– 1 cebola pequena
– 1 colher (chá) de molho shoyo
– 1 caixinha de creme de leite de soja
– 200g de shimeji
– 50g de shitake
– 250g de fusilli de quinoa e amaranto (ver foto)
– sal e pimenta moída a gosto
– azeite

Como faz?

– Pique a cebola em cubinhos bem pequenos. Solte o shimeji da base (deixando as “anteninhas” soltas) e corte o shitake em fatias.

– Cozinhe o macarrão em água com um pouco de azeite e sal. Gastei exatos 12 minutos para deixar o fusilli dessa marca no ponto que gosto. Passou um pouquinho do al dente.

– Aqueça o azeite, refogue a cebola até ficar meio dourada. Acrescente o alho e os cogumelos. Coloque o molho shoyo e mexa até os cogumelos murcharem. Cozinhe mais ou menos por cinco minutos.

– Acrescente o creme de leite de soja e deixe ferver por um minuto. Eu usei 2/3 da caixinha para deixar o molho bem grosso. Você pode usar a caixa toda. Depende de como você gosta do molho. Acerte o sal e coloque um pouco de pimenta moída (pode ser a do reino ou um mix de branca, rosa, verde etc)

– Escorra o macarrão e despeje no molho. Mexa e está pronto para servir!

Ps: os cogumelos podem variar de acordo com o seu gosto. Sugiro combinações de paris com funghi ou shimeji com paris!

20141022-232758.jpg

20141022-232750.jpg

Entradas, Lanches, Petiscos

Sanduba gourmet

É tempo de copa e as comemorações não param. Para receber os amigos, nada melhor que petiscar e tomar uma cerva bem gelada. A dica de hoje é um sanduíche aberto de pão francês integral com filé e shitake acebolados. Vai ao forno para derreter a mussarela e é servido em cama de rúcula.

O que leva?

– 200g de filé em fatias bem fininhas

– 1 cebola média em cubinhos ou em fatias fininhas

– 100g de shitake fatiado

– 5 pães franceses (integral ou normal) cortados ao meio

– 10 fatias de mussarela

– Rúcula

– Azeite, sal e pimenta do reino a gosto

filé e shitake

Como faz?

– Pique todos os ingredientes. Filés em fatias fininhas. Cebolas em cubinhos ou em rodelas fininhas. Shitake em fatias. Lave a rúcula e corte bem fininha como se fosse couve.

– Aqueça bastante a frigideira, coloque um fio de azeite e refogue o filé. Depois de alguns minutos (quando o filé já estiver mais dourado) coloque o shitake e deixe refogar por mais uns dois minutos. Acrescente a cebola e refogue por mais um minuto. A cebola vai ficar mais al dente. Se gostar dela mais cozida, deixe mais um pouco no fogo. Coloque sal e pimenta a gosto. Se quiser, também pode colocar uma colher de shoyo antes do sal.

– Pré-aqueça o forno a 180 graus. Coloque as fatias de pão numa fôrma e cubra com o recheio. Coloque a fatia de mussarela por cima e leve ao forno para derreter o queijo. O processo deve levar uns cinco minutos.

– Retire do forno. Coloque um pouco de rúcula num prato legal e o sanduba por cima.

sanducihe de filé com shitake

Sirva e aproveite para torcer com seus amigos!

???????????????????????????????????

 

 

Foto de: [http://www.blogdomnet.com.br/wp-content/uploads/2013/04/friends_watching_football_on_the_tv_IE321-009.jpg]

 

 

Acompanhamentos, Cardápio completo, Entradas, Risotos

Desafio do dia: jantar sofisticado para 6 pessoas por 90 reais!

Jantar com os amigos é sempre muito bom, mas confesso que sair para comer em Brasília está cada vez mais caro. O desafio era fazer um jantarzinho sofisticado para três casais a um preço bem acessível. Consegui fechar um cardápio legal por R$ 90,00, sendo R$ 30,00 para cada dupla. Cada um trouxe a bebida preferida e foi uma noite super agradável, como sempre!

20130902-220949.jpg

Para beliscar

– Queijo gouda (vai muito bem com vinho e geléia de pimenta)
– Canapés de damasco recheados com cream cheese e gorgonzola
– Cogumelos “afrodisíacos” da Mari

Prato principal

Risoto de filé com shitake

As receitas:

[Canapés de damasco]

O que leva?

– 25 unidades de damasco
– 100g de cream cheese
– 50g de gorgonzola
– coco ralado fresco ou desidratado

Como faz?

– Amasse o queijo gorgonzola com um garfo e misture o cream cheese até obter uma mistura homogênea.

– Corte os damascos ao meio no sentido longitudinal como se fossem mini sanduíches.

– Pegue uma colher de café e recheie damasco por damasco. Coloque na travessa para servir.

– Agora, é só salpicar um pouco de coco ralado por cima. [dica express: se não achar o coco fresco, é só hidratar o coco de pacotinho. Para isso, pegue o coco desidratado e coloque um pouquinho de água filtrada. Misture bem.]

20130902-222456.jpg

[Cogumelos afrodisíacos]

Fui apresentada a essa delícia pela minha amiga Mari Abreu. São cogumelos recheados com uma mistura de bacon, cebola, alho, cream cheese e parmesão. A receita está no blog dela. Veja aqui!

Seguem as fotinhas para ilustrar a receita…

20130902-222431.jpg

[Risoto de filé com shitake]

Risoto é maravilhoso… seja qual for o sabor. Esse é de filé mignon com shitake. Para mim, o shitake fica tão gostoso que a carne acaba tornando-se secundária. O cogumelo pode ser natural ou desidratado. Eu preferi usar o desidratado para aproveitar a água que ele precisar ficar de molho para hidratar. Isso deu um sabor especial ao prato. Espero que goste. Vamos lá!

O que leva?

– 300g de filé
– 100g de shitake desidratado
– 2 xícaras (chá) arroz arbóreo
– 1 xícara (chá) de vinho branco seco de boa qualidade
– 1 cebola média em cubinhos
– 1 xícara (chá) de parmesão ralado
– 1 colher (sopa) de manteiga
– 1/2 colher (sopa) de shoyo
– 2 tabletes de caldo de legumes
– azeite
– sal e pimenta do reino a gosto

Obs: ao final, você pode acrescentar meio tablete de manteiga sem sal ao risoto. Eu prefiro pular esse passo para o prato ficar mais saudável…

Como faz?

– Coloque o shitake em um recipiente e cubra com água fervente. Deixe descansar por 20 minutos e depois corte os cogumelos em tirinhas de 2cm. Aproveite a água para colocar no risoto.

– Coloque 1,5 litro de água numa panela, dissolva dois tabletes de caldo de legumes e deixe ferver. A panela deve ficar ao lado da panela onde o risoto será feito. Durante o processo, vá colocando o caldo de legumes com o auxílio de uma concha.

– Corte o filé em tirinhas. Aqueça a panela com um fio de azeite e refogue a carne ainda sem tempero. Frite o filé até ele ficar dourado. Acrescente a cebola e refogue até que ela fique transparente. Coloque o arroz, mexa os ingredientes e acrescente o vinho. Misture até o vinho evaporar.

– Após o vinho evaporar, vá acrescentando o caldo de legumes. Coloque uma concha de caldo por vez e mexa até evaporar. Repita o processo por cerca de 17 minutos. Em alguns momentos, coloque uma concha do caldo do shitake em vez do de legumes. O risoto leva uns 18 minutos para ficar al dente após a evaporação do vinho.

– Quando estiver faltando uns 5 minutos para terminar, aqueça outra panela. Coloque a margarina e um fio de azeite. Refogue o shitake por uns 4 minutos. Coloque meia colher de sopa de shoyo e corrija o sal. Acrescente o shitake ao risoto.

– Para finalizar, misture o parmesão até derreter e corrija o sal e a pimenta. Se estiver um pouco seco, acrescente mais um pouco de caldo de legumes e mexa para o risoto ficar cremoso. Sirva em seguida!

Obs: Verifique o ponto do cozimento do arroz antes de finalizar a receita.

20130902-230133.jpg

20130902-230200.jpg