Acompanhamentos, Petiscos

Churrasco gourmet + saudável

A saga por uma alimentação melhor continua. Só que a gente ama um bom churrasco… como fazer? Bom, deixar de comer carne ainda não está nos planos. Então, a saída é tentar amenizar nos acompanhamentos para não meter o pé na jaca de vez. 

Eu amo legumes assados de forma rústica. Na receita abaixo, ensino a fazer uma dessas boas misturas e também um teste que deu super certo: cogumelo assado na brasa! A quantidade abaixo serve duas pessoas.


O que leva?

1 abobrinha média (pode ser da italiana ou tipo menina)

– 1 batata doce média (usei a da casca roxa)

– 1 berinjela média 

– 4 dentes de alho com casca

– cúrcuma (açafrão) 

– ervas finas 

– azeite 

– sal (usei o rosa do Himalaia) e pimenta do reino

Como faz?

– lave os legumes e descarte as pontas. Pique-os com a casca mesmo. Eu gosto de  definir o tamanho e espessura de acordo com o tempo de cozimento. Então, faço assim: deixo as abobrinhas maiores, as berinjelas um pouco menores e corto as batatas mais finas. Isso vai fazer com que no fim as abobrinhas não estejam desmanchando. Você tb não vai precisar assar tudo separado. É só compensar no tamanho. Pensa assim… a que leva mais tempo é a batata doce. Então, deixe ela com a metade do tamanho. Eu gosto dela com formato palitinho porque fica crocante no fim. 

– pegue a travessa, coloque um fio de azeite e acrescente uma colher (café) de cúrcuma. Jogue os legumes picados, os dentes de alho com casca, um pouco de ervas finas (pode ser aquelas misturas secasprontas ou ervas frescas como alecrim, tomilho, orégano), o sal e pimenta a gosto. Misture tudo e coloque mais um fio de azeite por cima. Se quiser, pode colocar um pouquinho de pimenta calabresa também, mas só um pouco pq senão fica muito apimentado. 

– leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 40 minutos. Mexa os legumes durante esse tempo umas três vezes. Não é necessário colocar papel alumínio e nem cozinhar antes. Ao final, você pode colocar mais uns 10, 15 minutos em potência alta para ficar mais crocante.

– sirva como acompanhamento da carne do churrasco. Fica uma delícia! Ah, o alho ajuda a temperar a mistura, mas fica uma delícia também. É só tirar a casca e você vai provar uma pastinha de alho super leve e adocicada. 

[cogumelos na brasa]

É muito fácil! Pegue cogumelos frescos tipo paris (é tipo o champignon). Tire o miolo. Espete alguns num espetinho de churrasco, coloque um fio de azeite e asse sobre uma grelha. Deixe ele ficarem com aparência de murcho. Acho que gastou uns 10 minutos (no máximo). Tempere com sal a gosto e delicie-se! Eles ficam com um gostinho incrível por conta da brasa.


Anúncios
Acompanhamentos, light!, Petiscos

Abobrinhas maçaricadas

Conheci essa delícia num barzinho em Brasília chamado Loca como tu madre. Lá, eles servem a abobrinha recheada com trio de cogumelos e maçaricada com parmesão. É uma maravilha! Aprendi a fazer a receita no olho e resolvi compartilhar com vcs. Na minha versão, usei dois tipos de cogumelos. Mas, vcs podem incluir o shiitake, por exemplo. Também coloquei tomate cereja no recheio. O toque especial da receita é o maçarico que, até uns dias atrás, ainda não tinha. Ganhei um recentemente do maridão. Agora, é abusar dele…

O que leva?

– abobrinhas italianas (tentar escolher as menores e mais finas)

– 100g de shimeji

– 100g de cogumelo paris

– 10 tomatinhos-cereja

– 2 dentes de alho amassados

– azeite

– parmesão em lascas

– sal e pimenta a gosto

abobrinha maçaricada 3

Como faz?

– Corte as abobrinhas em rodelas com espessura de uns 2 dedos (mais ou menos 3 cm). Elas vão ficar como copinhos a serem recheados. Tire a polpa com cuidado para não remover o fundo. Eu consegui tirar com a ponta do garfo (parte que a gt segura o garfo), mas vc pode usar uma colher de café ou de chá.

– Salpique um pouco de sal e cozinhe as abobrinhas no vapor até ficarem al dente. Outra opção é colocá-las no forno a 180 graus numa assadeira coberta com papel alumínio. O tempo varia de 10 a 15 minutos.

– Retire as abobrinhas do forno ou vapor e verifique se não há água dentro delas. Se tiver, retire. Elas precisam ficar mais sequinhas. Recheie as abobrinhas e cubra com as lascas de parmesão. Leve ao forno (sem papel alumínio) por mais 10 minutos para gratinar.

– Depois de gratinar, é só maçaricar! Eu gosto do queijo bem dourado e tb de passar o maçarico um pouco na lateral das abobrinhas.

Recheio:

– Pique os cogumelos e os tomatinhos.

– Numa panela, aqueça um fio de azeite e frite o alho. Quando tiver dourado, acrescente os cogumelos. Deixe refogar por uns dois minutos e acrescente o tomate. Cozinhe por mais uns dois minutos. Tempere com sal e pimenta do reino. Reserve.

Obs: você também pode refogar os cogumelos na manteiga. Para que ela não fique escura, é só colocar um fio de azeite.

abobrinha maçaricada

abobrinha maçaricada 2

Caldos, light!

Creme de legumes com poró crocante

Fim de ano é tempo de confraternizar. Mas, com tantas festas, vários quilinhos extras são adquiridos. Pensando em desintoxicar o organismo, adaptei uma receita usando os legumes que tinha na geladeira e ficou muito bom! Super leve e saborosa, essa receita é ideal para quem está de dieta.

O alho-poró crocante, geralmente, é frito na gordura bem quente. Para essa receita, também fiz uma adaptação para que ficasse bem mais light. Não fica com a mesma textura do que é frito como batatinha, mas fica meio crocante e tão saboroso quanto.

O que leva?

– 1 tomate (sem casca)
– 1 abobrinha italiana média
– 1 cenoura média (descascada)
– 1 batata pequena
– talo de alho-poró
– 1 dente de alho (amassado)
– azeite
– 1/2 litro de água fervendo
– 1 tablete de caldo de legumes ou sal e pimenta do reino a gosto

Como faz?

– Corte todos os legumes em cubos grandes. Corte o talo do alho-poró em rodelas bem fininhas. Reserve.

– Refogue o alho num fio de azeite e coloque os cubos de batata, cenoura e abobrinha. Deixe refogar por uns 3 minutos. Depois, acrescente o tomate e refogue por mais uns 2 minutos.

– Acrescente a água fervendo, o tempero de sua preferência (tablete de legumes ou sal) e deixe ferver por 15 minutos. Eu deixo a panela tampada mesmo.

– Verifique se os legumes estão cozidos e desligue o fogo. Aos poucos, coloque os legumes no liquidificador com um pouco do caldo. Bata e vá verificando a consistência. Se colocar toda a água, o caldo pode ficar aguado. É preciso ter cuidado, pois a textura precisa ser cremosa.

– Volte o creme para a panela e deixe ferver por mais uns 4 minutos.

– Em uma frigideira bem quente, coloque um fio de azeite e o alho-poró em rodelas fininhas. Vá mexendo até ele fritar e ficar bem dourado.

– Para servir, coloque o creme em um prato fundo e o alho-poró por cima. Bon appetit!

20140120-230552.jpg

Acompanhamentos, Entradas, light!

Caponata fácil

Aprendi a fazer essa caponata assistindo ao programa Homens Gourmet no canal Bem Simples. Adoro esse programa e sempre aprendo a fazer alguma receita nova. Essa caponata é muito simples de fazer e vai bem como acompanhamento para uma refeição mais balanceada. É saborosa e bem leve. Adoro comer no almoço com arroz integral e frango grelhado.

O que leva?

– Berinjela
– Abobrinha italiana
– Cebola
– Tomate
– Manjericão
– Alecrim
– Alho
– Sal e pimenta do reino
– 200ml de azeite

Obs: a quantidade vai depender do tanto de porções que deseja fazer. Eu faço para duas pessoas e uso 1 berinjela, 1 abobrinha, 1 cebola, 1 tomate e 4 alhos.

Como faz?

– Corte todas as verduras em rodelas de 0,5 cm. Descasque o alho.

– Em uma travessa, vá intercalando as verduras (veja foto) colocando uma atrás da outra na vertical. Coloque os alhos no meio de algumas camadas.

– Tempere com sal e pimenta do reino.

– Regue com azeite (bastante) e finalize com o manjericão fresco e alecrim por cima.

– Leve ao forno (200 graus) por uns 30 minutos. Att: o tempo de forno pode variar… Então fique atento!

Enjoy it!

20131227-151457.jpg

Acompanhamentos, light!

Espaguete de abobrinha à bolonhesa

Certa vez, vi essa receita em um programa de TV e fiquei curiosa para saber se realmente era saborosa. Já fiz umas duas vezes e deu super certo. Até o marido que não gosta muito de abobrinha aprovou a novidade. É uma ótima opção para quem está fazendo dieta. A abobrinha fica parecendo um espaguete. Eu usei o descascador da tramontina de quatro funções, sendo uma delas o corte tipo “Julienne”. Se você não tiver um descascador assim, pode usar aqueles comuns (descascador de batata) e fazer num formato tipo talharim (mais fino e largo).

O molho que eu fiz nessa receita foi o bolonhesa, mas você pode comer o espaguete de abobrinha com outros tipos, como branco, pesto etc.

O que leva?

– 2 abobrinhas tipo “menina”
– azeite
– sal e pimenta do reino a gosto

Para o molho:

– 150g de carne moída
– 1/2 pacote de molho de tomate [eu gosto do pomarola]
– 1 cebola média em cubinhos
– 2 dentes de alho amassados
– 1 colher (chá) de mostarda
– 1 xícara de água
– sal e pimenta do reino a gosto

Como faz?

– Você pode começar pelo molho por ser a parte mais demorada. Refogue o alho e a carne moída num fio de azeite. Depois que a carne estiver mais “fritinha”, acrescente a cebola e deixe-a cozinhar até ficar transparente. Coloque o molho de tomate, uma xícara de água, a mostarda, os temperos a gosto e deixe cozinhando até que o molho adquira a consistência desejada.

– Lave bem as abobrinhas e corte as pontas com uma faca. Descasque-as com cuidado no sentido longitudinal no formato tipo “julienne”. Tente pegar toda a abobrinha num único corte para que o fio de “espaguete” fique bem comprido. Na hora de comer, você consegue enrolar a abobrinha com o garfo.

– Refogue as abobrinhas em outra panela [de preferência antiaderente] aquecida com um fio de azeite. Deixe por uns dois minutos e enquanto isso vá mexendo. Após, coloque o molho bolonhesa pronto e deixe cozinhar por mais uns três minutinhos. Prove a abobrinha para ver a consistência. Eu gosto dela al dente. Se você preferir, deixe a abobrinha cozinhar por alguns minutos para que amoleça mais. Corrija o sal. That’s it!

20130813-180121.jpg

20130813-180205.jpg

Acompanhamentos, Entradas, light!, Petiscos

Chips de abobrinha no micro-ondas 

[por Sara Reis]

Procurando algo mais light para comer à noite, encontrei uma receita de chips de abobrinha na internet. Testei com certo receio, mas amei demais o resultado. Eu, particularmente, adoro abobrinha e essas ficam muito boas. Uma xícara cheia de chips de abobrinha tem apenas 26 calorias. Apesar de super light, a iguaria vai muito bem com cerveja. Você pode servir como petisco num bate-papo entre amigos ou como entrada no jantar. A abobrinha também combina muito com vinho.

O que leva?

– Abobrinha: eu gosto da “tipo menina”. A quantidade vai depender do quanto você quer de chips. Uma abobrinha quase enche uma xícara de chá.
– Sal a gosto
– Pimenta do reino moída

Como faz?

– Rale a abobrinha em fatias finas (eu usei aquele ralador super simples que vende em lojas de R$ 1,99).

– Cubra o refratário do micro-ondas ou um prato com plástico filme (não, ele não derrete no micro-ondas! rs). O plástico ajuda a manter a umidade do alimento durante o cozimento. ATT: Recebi uma dica super bacana de uma leitora do blog para substituir o plástico filme pelo papel manteiga. Como pesquisas recentes alertam para os riscos do plástico aquecido, melhor a gt se prevenir… 

– Coloque as abobrinhas sobre o refratário ou sobre o prato e leve ao micro-ondas por quatro minutos. Retire do micro-ondas, vire as abobrinhas e leve por mais quatro minutos. Elas já vão sair
desidratadas.

– Para ficar ainda mais crocante, leve ao forno quente (200 graus) por mais uns quatro minutos. É preciso ter cuidado para não deixar as abobrinhas queimarem! Eu cobri o tabuleiro com papel manteiga e coloquei as abobrinhas por cima.

– Agora é só colocar o tempero de sua preferência!

Super dica:Você também pode fazer o mesmo processo com
outros alimentos como batata inglesa, batata doce, beterraba, berinjela etc.

20131229-212028.jpg