Acompanhamentos, Petiscos, Sem glutén

Bolinho de bacalhau perfeito!

Sabe quando você gosta de algo, mas não consegue acertar a mão na receita? Até ontem era assim pra mim nas tentativas de fazer um bolinho de bacalhau. O bolinho ficava encharcado e todo cheio de fiapos de bacalhau na parte de fora. Pesquisando no santo Google achei uma receita de uma senhorinha que tem um restaurante português típico em Ubatuba – SP. Testei… e, simplesmente, amei! O gosto, a textura, a crocância! Ficou perfeito!

O que leva?

– 250g ou 03 batatas média tipo asterix (a batata faz toda diferença!)

– 250g de bacalhau dessalgado e desfiado

– 2 dentes de alho amassados

– 2 colheres (sopa) de azeite extravirgem

– 1 ovo

– salsinha picada a gosto

– sal e pimenta do reino a gosto

– Óleo ou azeite para fritar

Como faz?
– Descasque a batata e cozinhe em água quente. Cozinhe o bacalhau também. Eu deixei o bacalhau uns oito minutos na água fervendo.

– Escorra bem a batata e o bacalhau. Eles precisam ficar bem secos. Você vai perceber que a batata asterix é bem mais sequinha que a batata inglesa e isso faz toda diferença na estrutura do bolinho.

– Amasse a batata com um garfo e desfie o bacalhau retirando as espinhas. Reserve.

– Numa panela pequena, coloque o azeite e refogue o alho até ficar dourado. Tire do fogo.

– Pegue uma tigela e junte a batata, o bacalhau, o alho no azeite, o ovo, a salsinha, a pimenta do reino. Misture a massa com uma colher (com a mão é ainda melhor!). Corrija o sal.

– Faça os bolinhos com o auxílio de duas colheres (passando uma na outra) ou enrolando na mão. Pra ajudar é só ir molhando a mão com um pouco de azeite.

– Agora é só fritar em fogo médio. Atenção: o óleo precisa cobrir o bolinho. Do contrário, ele pode ficar encharcado.

OBs: percebeu que a receita não vai farinha de trigo? O verdadeiro bolinho de bacalhau não vai farinha!!!! Essa receita rendeu uns 30 bolinhos pequenos. Você pode dobrar ela sem erro.


Anúncios
Caldos, light!

Creme de legumes com poró crocante

Fim de ano é tempo de confraternizar. Mas, com tantas festas, vários quilinhos extras são adquiridos. Pensando em desintoxicar o organismo, adaptei uma receita usando os legumes que tinha na geladeira e ficou muito bom! Super leve e saborosa, essa receita é ideal para quem está de dieta.

O alho-poró crocante, geralmente, é frito na gordura bem quente. Para essa receita, também fiz uma adaptação para que ficasse bem mais light. Não fica com a mesma textura do que é frito como batatinha, mas fica meio crocante e tão saboroso quanto.

O que leva?

– 1 tomate (sem casca)
– 1 abobrinha italiana média
– 1 cenoura média (descascada)
– 1 batata pequena
– talo de alho-poró
– 1 dente de alho (amassado)
– azeite
– 1/2 litro de água fervendo
– 1 tablete de caldo de legumes ou sal e pimenta do reino a gosto

Como faz?

– Corte todos os legumes em cubos grandes. Corte o talo do alho-poró em rodelas bem fininhas. Reserve.

– Refogue o alho num fio de azeite e coloque os cubos de batata, cenoura e abobrinha. Deixe refogar por uns 3 minutos. Depois, acrescente o tomate e refogue por mais uns 2 minutos.

– Acrescente a água fervendo, o tempero de sua preferência (tablete de legumes ou sal) e deixe ferver por 15 minutos. Eu deixo a panela tampada mesmo.

– Verifique se os legumes estão cozidos e desligue o fogo. Aos poucos, coloque os legumes no liquidificador com um pouco do caldo. Bata e vá verificando a consistência. Se colocar toda a água, o caldo pode ficar aguado. É preciso ter cuidado, pois a textura precisa ser cremosa.

– Volte o creme para a panela e deixe ferver por mais uns 4 minutos.

– Em uma frigideira bem quente, coloque um fio de azeite e o alho-poró em rodelas fininhas. Vá mexendo até ele fritar e ficar bem dourado.

– Para servir, coloque o creme em um prato fundo e o alho-poró por cima. Bon appetit!

20140120-230552.jpg